LOCARE - Materiais e Cenografias para Eventos

<

Misturas que combinam

A tendência é o mix and match e a regra é... nenhuma! Em tradução literal, mix and match (ou mix & match, ou mix n’ match) significa “misturar e combinar”, e é exatamente isso que a tendência recomenda: a combinação inusitada de coisas diferentes e que não foram, necessariamente, feitas para andarem juntas. Marcando presença tanto na moda quando na decoração e no mundo dos eventos, o mix and match exige criatividade e está dando o que falar.

Para as fashionistas, essa tendência busca o oposto dos conjuntinhos. Os looks montados a partir da premissa do mix and match misturam peças com estampas, cores e tecidos diferentes e criam um resultado despojado e moderno. Não existem muitas normas a seguir: o importante é combinar elementos que, juntos, sejam harmoniosos e, principalmente, se sentir bem com o que se está vestindo! Algumas dicas são buscar cores parecidas, escolher uma estampa para se destacar na composição ou até mesmo juntar padrões do mesmo tema (com listras, florais, xadrez, etc.).


Na decoração da casa e de eventos, o mix and match pode ir além. Mais que estampas, a composição de ambientes permite a mistura de estilos, materiais e elementos. Na campanha Locare Sentidos, uma das apostas foi a mistura do industrial com o rústico, que vem da combinação, por exemplo, de itens de madeira e metal com peças de couro ou com elementos naturais (folhas, galhos, flores). O retrô também foi misturado com o moderno, trazendo uma quebra de rigidez descontraída e criativa. Um ponto interessante é que a premissa de buscar cores parecidas, que aparece na moda, também se destaca na decoração: para entrar com segurança no mix and match, o monocromático é uma ótima pedida – não é à toa que ele marcou presença no novo showroom da Locare!


Em ambos os casos, o maior objetivo é trazer mais vida às composições e mostrar que tudo que se vê foi pensado: nada de combinações prontas, a criação é muito mais valorizada. E nada melhor para criar do que desconstruir aquilo que conhecemos para montar algo novo e surpreendente.